ANSIEDADE X ALIMENTAÇÃO

Nutricionista do NAP Adriana Pauletti Corsetti CRN 6294 – contato@napvs.com.br A ansiedade, sentimento cada vez mais presente no dia-a-dia das pessoas, pode ser considerada muitas vezes a maior vilã da dieta, por induzir à ingestão de alimentos muito calóricos e pouco nutritivos. Fazer dietas restritivas pode ser um grande fator desencadeante da ansiedade, devido àContinuar lendo “ANSIEDADE X ALIMENTAÇÃO”

Saudade…

Rejane Friedrich – Psicóloga do Nap – Psicóloga do NAP – CRP 07/27534 – contato@napvs.com.br Saudade de acordar cedo para ir ao trabalho ou para a escola… e, claro, reclamar disso.Saudade de poder ver as pessoas “ao vivo” e não apenas por meio de uma tela decomputador ou celular…E por falar em celular… saudade deContinuar lendo “Saudade…”

O mês da saúde mental em mais um ano fora do normal

Psicólogo Nemar Gil Limeira Neto 07/32304 – Psicólogo do NAP – contato@napvs.com.br Começamos mais um ano e não tenho dúvidas do quanto essas passagens de ano movimentam nosso imaginário social, com as promessas de mudanças de um mundo diferente e principalmente de uma vida diferente. Não à toa, esse começo de 2021, mais do queContinuar lendo “O mês da saúde mental em mais um ano fora do normal”

Tempo para refletir!

Scheila Flesch – Psicóloga do NAP – CRP 07/27581 – contato@napvs.com.br Com o advento da internet estamos cada vez mais acostumados com o “instantâneo”. Tudo precisa ser rápido, prático, na hora, e qualquer coisa diferente disso nos faz perder a paciência ou achar que temos pouco tempo. Na realidade não é o tempo que éContinuar lendo “Tempo para refletir!”

Psicoterapia, quando buscar?

Gabriela Marques – Psicóloga do NAP – 07/29381 – contato@napvs.com.br Você não precisa estar em surto ou em extrema infelicidade para procurar ajuda. Basta perceber que algo está lhe causando desconforto ou sofrimento, como por exemplo: dificuldades para dormir, preocupações, dificuldade para relaxar em momentos de descanso, sensação de ansiedade ou angústia, dores diversas como deContinuar lendo “Psicoterapia, quando buscar?”